Na tarde de sábado, 3 de março, a sede de São Leopoldo da Organização Internacional Nova Acrópole – Filosofia, Cultura e Voluntariado – reuniu pessoas que buscavam ressignificar suas vidas, através do tema “Educação e Formação para o Ser Humano”.

Na apresentação conduzida pelo professor da Nova Acrópole, João Tavares, se resgatou a origem da Filosofia e mostrou sua transformação ao longo do tempo em uma disciplina eminentemente intelectual.

Tavares lembrou que nascemos filósofos: “A criança tem um mundo à disposição e começa, muito cedo, a questioná-lo. Dessa forma é provocada a conhecer, aprender, descobrir. Dependendo do contexto, essa criança pode, aos poucos, parar de questionar, ficando muito limitada.”

Também relacionou esta ideia à nossa sociedade, que não estimula o indivíduo a refletir sobre a arte de viver, a buscar o conhecimento de si e o sentido da vida. “O intelecto é importante, no entanto, precisamos ir além para que haja transformação. E cabe a nós, enquanto escola de Filosofia à Maneira Clássica, contribuir para resgatar este conceito e estimular a transformação”, conclui.

A Filosofia à Maneira Clássica utiliza uma metodologia orientada à vivência do que se está estudando, que pode ser traduzida em dois aspectos: Educação e Formação. Segundo ele: “A sociedade é um reflexo do homem – se o homem está harmonizado, a sociedade estará harmonizada”. E continua: “A educação deve ser um processo contínuo e de dentro para fora. Se bem conduzida fará florescer o melhor em nós”, afirma.

O curso de Introdução à Filosofia à Maneira Clássica, é desenvolvido em dezesseis encontros, um por semana, através de aulas expositivas e dialogadas, estimulando o pensar, sentir e agir.

©2018 Organização Internacional Nova Acrópole - Brasil