Nesta palestra realizada na sede Santana da Organização Internacional Nova Acrópole – Filosofia, Cultura e Voluntariado -, no dia 19 de junho, a professora Eloísa Moura refletiu junto ao público presente sobre as causas que levam a decadência das civilizações.

Segundo ela, o processo de decadência é lento e apresenta causas sucessivas: “Crises econômicas, políticas, sociais e morais criam problemas tanto no plano material como no social: dificuldades em respeitar as diferenças, de convivência e conflitos psicológicos vão gerando sentimentos de solidão, medo, angústia e ódio”.

E continua: “Percebeu-se que as civilizações desaparecem não por conta dos sistemas ou do tempo, mas por fenômenos presentes no interior do indivíduo: os valores humanos e de sentido de vida ficam severamente comprometidos quando o modo de vida dos povos valoriza mais as coisas que as pessoas”, conclui.

Desta maneira, a Filosofia é chamada para resgatar os seres humanos e orientá-los a encontrar o seu ideal de vida, com comportamentos individuais e coletivos que possam recuperar a nobreza humana. Porque somente com seres humanos fortes em valores, poderemos construir uma civilização digna, fraterna e feliz.

Tags:

©2018 Organização Internacional Nova Acrópole - Brasil