Como se tornar membro?
Para participar das atividades culturais e de voluntariado basta solicitar na sede mais próxima, ou fazer inscrição por meio da página web do país de sua residência.

Se você se interessa em fazer parte da organização e compartilhar os valores que promovemos, pode se inscrever no Curso de Filosofia Prática que é desenvolvido em todas as sedes e proporciona o conhecimento necessário sobre os princípios e modos de ação da N.A. em suas diferentes facetas e sua base filosófica. A condição de membro implica o direito a receber uma formação constante, segundo um programa de estudos que se adapta a todo tipo de pessoas e não necessita de títulos ou formações prévias. Não buscamos um nível meramente teórico ou erudito para nossos cursos, mas que proporcionem respostas para a vida cotidiana. Os membros da N.A. estão totalmente integrados em seus contextos sociais e familiares, pois sua atividade como tais não os separa nem isola, pelo contrário, lhes permite uma melhor atuação no mundo.

Quanto se paga?
Cada sede de Nova Acrópole estabelece o valor das cotas, dependendo da situação da sede e das possibilidades de seus participantes.

Como são financiadas as atividades da N.A.?
Nova Acrópole desenvolveu uma economia descentralizada, com auditorias externas periódicas, e baseia sua renda e sustentabilidade financeira em quatro pilares:
os cursos de formação e as vendas de produtos de tipo cultural, desenvolvidos em nossas sedes; todos os membros contribuem com uma taxa mensal, que lhes dá direito a participar de todas as atividades e ter acesso à rede internacional de sedes e cursos da N.A.; o aporte do trabalho voluntário, coordenado por um pequeno mas eficiente corpo administrativo; o apoio e patrocínio de empresas privadas e outras instituições.

A N.A. está ligada a alguma organização religiosa ou mística?
Não. Os princípios sobre os quais a N.A. está fundada estabelecem o respeito às diferentes formas institucionalizadas de religião.
Acreditamos que a ignorância e o fanatismo só geram violência e ódio “em nome de Deus”, e, por isso, propomos um cuidadoso estudo comparativo que irá gerar laços de compreensão, ao invés de muros de separação. Cremos em Deus e respeitamos as diferentes formas religiosas dos nossos membros, e é devido a isso que Nova Acrópole existe e permanece em países cristãos, budistas, muçulmanos, etc.

A Nova Acrópole é de direita ou esquerda?
O estudo dos ciclos históricos e os princípios filosóficos da busca de uma sociedade justa fazem parte do nosso programa de formação. Tal como acontece com a religião, acreditamos que as posições fanáticas e fechadas só produzem violência e separação, e que o estudo e a reflexão profunda da história dá as ferramentas individuais de tolerância e compreensão para com os concidadãos. Em nossas sociedades faltam cidadãos, aqueles verdadeiramente dispostos a trabalhar juntos para o bem comum, para além de qualquer preferência política.

A N.A. está legalmente constituída?
Sim, em todos os países onde atuamos. Cada uma de nossas sedes está registrada pelas autoridades governamentais e cumpre escrupulosamente com as normas legais de cada país. Da mesma forma, promovemos entre nossos membros e apoiadores o mesmo respeito. Além disso, a Associação Nova Acrópole na Bélgica, com sede em Bruxelas, é reconhecida pelo Decreto Real de 12 de Fevereiro 1990 nº3/12-941/s do Reino da Bélgica, e está inscrita no Registo Internacional das Associações.

É possível colaborar com N.A. sem ser membro? Como?
Todos podem participar livremente de diversos programas de voluntariado e atividades culturais e sociais que desenvolvemos em nossas sedes da N.A. em todo o mundo. Isso lhes possibilitará conhecer nossas atividades e princípios postos em ação.

Circulam comentários críticos que visam a desprestigiar Nova Acrópole. Qual é a posição da organização em relação a essas críticas?
Entendemos que aqueles que se sentem de alguma forma ameaçados por nosso sincero respeito à diversidade não concordem conosco e tenham nos atacado, e embora busquemos respeitar e aprender com as críticas – uma vez que não somos perfeitos –, rejeitamos e denunciamos a difamação realizada eventualmente por pessoas inescrupulosas por meio da internet e outros meios de comunicação. A nossa resposta só pode ser o exemplo do nosso trabalho a favor da educação e da liberdade de pensamento em mais de 50 países e nossas portas abertas para todos aqueles que desejam conhecer nossa proposta.

©2015 Organização Internacional Nova Acrópole - Brasil